Amor Perfeito

Um rei foi a seu jardim e encontrou árvores, arbustos e flores definhando e morrendo.
O carvalho disse que estava morrendo porque não podia ser tão alto quanto o pinheiro.
Voltando-se para o pinheiro, descobriu que estava murchando porque era incapaz de dar uvas como a parreira.
E a parreira estava morrendo porque não podia desabrochar como a roseira.
Então ele encontrou uma planta, o amor perfeito, florida e viçosa como nunca.
Indagando, recebeu essa resposta:
Assumi que quando você me plantou, você queria um amor-perfeito.
Se quisesse um carvalho, uma parreira ou uma roseira você as teria plantado.
Então pensei: “Como não posso ser outro além de mim mesmo, tentarei sê-lo da melhor maneira possível.
 
  
Moral da história:
 
Você está aqui porque esta existência necessita de você tal como você é !
Senão outra pessoa estaria aqui.
Você está preenchendo algo muito essencial, muito fundamental, como você é.
Ele o criou.
Veja só o respeito que o Universo tem por você.
Você foi escolhido.
Você está aqui para contribuir com a sua fragrância para a existência.
Simplesmente olhe para você mesmo.
Você só pode ser você mesmo… não há possibilidade de ser outra pessoa.
Você pode apreciar isso e florescer, ou condenar isso e definhar.